A cantada do professor Rodrigues (Assine)

A cantada do professor Rodrigues

Evelin S. B. (2002) – Ferraz de Vasconcelos – São Paulo – SP

Transcrito por Anna Riglane

Certo dia, no muro atrás da escola, eu estava com um menino, não lembro quem, grudada nele, mas grudada mesmo, do verbo encaixar, com o moletom e a calcinha no meio das coxas…

Ele já tinha gozado, eu estava quase gozando, quando vimos um carro passar na rua, bem devagar, o motorista só de olho comprido.

Não pude ver quem era, nem o menino viu direito, mas falou que parecia ser o carro novo do professor Rodrigues.

Ficamos na dúvida se era ele, mas, pelo menos, por já estar meio escuro e também por haver alguns arbustos nos escondendo, ele não pode ver as nossas partes baixas.

Mas, claro, adivinhou o lance, pois, afinal, o que estaria fazendo uma menina de costas para um menino, e com o corpo dobrado para frente, se apoiando no muro? Sem contar que quando o menino parou de bombar o homem já tinha nos visto fazia algum tempo.

Fiquei ereta, virei o rosto para não ser reconhecida, esfriei. Chato, mas tivemos de começar tudo de novo até eu esquentar novamente e gozar gostoso.

Assine para continuar lendo

Assine por R$ 9,90 mensais e tenha acesso a centenas de contos renovados periodicamente


Encontre mais contos eróticos da Anna Riglane também na

amazon

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s