É por isso que vou continuar solteiro (Assine)

É por isso que vou continuar solteiro

M. M. M. (1977) – São Paulo – SP

Transcrito por Anna Riglane

Tenho 32 anos, sou solteiro por convicção, e a cada dia fico mais convicto ainda.

Tenho meu cantinho onde morar e também fazer as minhas “refeições”, mas, às vezes, por conta das circunstâncias, sou convidado a “comer” fora.

E como sou do tipo que não dispensa um bom “prato”, vivo colecionando casos, como este último (até o momento em que escrevo), que além das boas lembranças, me deixou também ainda consternado com os pobres maridos, coitados.

E no presente caso, um marido com uma esposa bonita, e uma filha de três anos… Melhor eu contar para melhor explicar, mas já avisando, antes que me prendam, que o lance foi só com a mãe.

A mãe, a esposa, de quem falo, é a Stella e fui o primeiro namorado dela.

Namorico de três meses, quatro, coisa de adolescentes, alguns amassos mais consagrados e duas transas rápidas, rapidíssimas, no sofá da sala da sua casa, em dois momentos de bobeira da mamãe.

E foram tão rápidos, tão surpreendentes os acontecimentos nessas duas vezes, que nem pude prestar atenção, e também não perguntei, se eu era o primeiro ou não.

Fiquei levemente desconfiado que não, isso porque logo apareceu um primo e ela acabou me dispensando. Na verdade, ela não me dispensou, mas eu é que caí fora, depois de vê-los juntos várias vezes, no shopping, na lanchonete, e na casa dela.

Ela dizia que não havia nada entre eles, mas, por via das dúvidas, e desde cedo decidido a não dar moleza para os chifres, caí fora.

Nos afastamos, nunca mais a vi, e fiquei sem saber dela, até que ela me apareceu quase quinze anos depois, com 28 anos, tão linda como antes, casada com um dos meninos conhecidos nossos daqueles tempos, e uma filha de três anos de idade.

Foi amor à primeira vista… quer dizer, nos reencontramos numa reunião de ex-alunos do colégio, trocamos zap e logo nos dias seguintes ela já estava me zapeando com uma frequência bem maior do que seria normal uma mulher casada zapear com um ex namoradinho.

Senti firmeza.

Assine para continuar lendo

Assine por R$ 9,90 mensais e tenha acesso a centenas de contos renovados periodicamente


Encontre mais contos eróticos da Anna Riglane também na

amazon

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s