Envergonhando a minha irmã… e quase comendo (Assine)

Envergonhando a minha irmã… e quase comendo

Jeferson A. A. (1994) – Guarapuava – PR

Transcrito por Anna Riglane

Noutro dia, puxando pela memória, fiquei lembrando de um fato ocorrido há mais ou menos uns dez anos e descobri que minha primeira grande aventura sexual foi, na verdade, uma desventura para minha pobre irmã, que tem dois anos a mais que eu… no início, pelo menos, foi.

Foi numa época em que eu estava começando a me despertar para certas coisas não tão inocentes, mas logo fiquei sabendo que faltava muito ainda para eu descobrir.

Minha primeira curiosidade foi observar minha irmã.

A gente não tinha ainda problemas de nudez perante um ao outro, mas eu já começava a observar seu corpinho. Via seus peitinhos crescendo, gostava de olhar sua bundinha que ia ficando redondinha e, um pouco depois, minha atenção se voltou para os pelinhos que nasciam em cima da sua pombinha.

Pombinha era o nome que minha mãe dava para o fazedor de xixi da minha irmã. O meu era piu-piu ou bigulin.

E a pombinha da minha irmã já começava a me despertar atenção.

Assine para continuar lendo

Assine por R$ 9,90 mensais e tenha acesso a centenas de contos renovados periodicamente


Encontre mais contos eróticos da Anna Riglane também na

amazon

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s