Um dia de quarentena… se mamãe descobre! (Assine)

Um dia de quarentena… se mamãe descobre!

Mirian F. R. (1991) – Vila Maria – São Paulo – SP

Transcrito por Anna Riglane.

Não sei o que acontece comigo, por que acontece, só sei que acontece.

Quarentena

O dever acima do prazer, a saúde em primeiro lugar… chato isso, mas necessário.

Pelo segundo mês da quarentena e eu isolada em casa com a minha filha pequena, trabalhando no home office e longe de tudo e de todos, principalmente dos meus contatinhos.

Que falta me faziam!

Mais de três meses, quase quatro, sem dar uma, nem umazinha.

Não… não foi só por causa da quarentena, a coisa já havia começado antes… quer dizer, já havia parado antes, bem antes, quando o Levi sofreu um acidente de carro e, meio aturdida, passei a ter mais cuidados com ele do que comigo, indo visitá-lo quase todos os dias e deixando de lado meus outros contatos e contatinhos.

Somando, foram dois meses sem dar uma com o Levi, porque ele estava machucado e a mãe dele sempre do lado, e sem dar uma com mais ninguém, por estar sempre com ele.

Na verdade, o fato é que eu já vinha mesmo abandonando os meus contatos, porque fazia já mais de ano que o Levi havia me proposto namoro e, nos últimos tempos, já estava começando a preparar as coisas para me assumir de vez, morarmos juntos.

E o Levi é homem para casar, diziam todos, eu também pensava… logo, eu tinha mesmo que fechar a minha agenda e parar com os meus contatos… pelo menos com aqueles menos interessantes.

Vai então que, dois meses sem o Levi e sem nenhum outro, mais dois meses e pouco de quarentena, eu já estava a perigo, muito a perigo.

A perigo e com a certeza de que esse negócio de virtual pode até dar certo no trabalho, mas para finalidades mais específicas não dá certo, não. Simplesmente, não dá… não tem como dar de verdade. Acho mesmo que só piora as coisas.

Então apareceu um homem, na verdade, três homens.

Assine para continuar lendo

Assine por R$ 9,90 mensais e tenha acesso a centenas de contos renovados periodicamente


Encontre mais contos eróticos da Anna Riglane também na

amazon

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s