Quase um flagrante do meu pai (Assine)

Quase um flagrante do meu pai

Dara F. S. (1999) – Vila Clementino – São Paulo – SP

Transcrito por Anna Riglane

Imaginem o sufoco!

Eu… dando uma(s) na maior, com direito a gritos e gemidos de tudo quanto é jeito, gozando sem parar.

Eu… descarregando todo o tesão acumulado por meses e meses de desejos por aquele homem lindo, morenaço, negro na verdade.

Eu… saboreando aquela pica preenchedora hum…

Eu… descobrindo que já hão estávamos sozinhos em casa… meu pai chegando mais cedo do serviço, ouvindo tudo.

Céus!

Ele ouvir até que tudo bem. O problema seria ele ver a sua filha loirinha com um negão daqueles.

E não seria problema de preconceito… nada disso. O problema é que o meu namorado, quase noivo, é tão branquelo quanto eu.

Assine para continuar lendo

Assine por R$ 9,90 mensais e tenha acesso a centenas de contos renovados periodicamente


Encontre mais contos eróticos da Anna Riglane também na

amazon

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s