Uma monstruosidade paterna… ou nem tanto (Assine)

Uma monstruosidade paterna… ou nem tanto

José M. T. (1978) -Chácara Inglesa – São Paulo – SP

Transcrito por Anna Riglane

Tenho três filhos com a minha esposa, duas meninas e um menino mais novo, com diferença de dois anos entre cada um deles.

Sempre me ressenti de não conseguir ter contato físico com nenhum deles.

Nos damos muito bem, amo demais todos eles, mas nunca soube ser aquele pai que brinca, que rola, que abraça.

Veio a quarentena e a minha esposa, que é enfermeira, passou a, praticamente, morar no hospital, evitando, assim, maiores contatos com a gente.

Comigo e com a minha filha mais velha aconteceu o oposto, passei a fazer o serviço de casa, e ela, já nos primeiros meses do seu primeiro emprego, teve o seu contrato de trabalho suspenso. Ela entristeceu, assumiu o papel da mãe na casa, e eu, assumi os três com maior atenção, principalmente para com ela.

Mas a minha atenção, e também todo o meu amor por eles e por ela, foi, como sempre, daquele tipo que não me permitia maiores contatos físicos. Quando muito, um abraço, um beijo, algumas palavras, e só.

Eu sentia falta de um maior contato, sentia inveja de outros pais que parecem crianças com os seus filhos, inveja até da minha própria esposa, sempre brincalhona com eles.

E eu sabia, agora mais do que nunca, que eles também sentiam a mesma coisa, principalmente a mais velha, isolada na casa, longe da faculdade, do trabalho que havia durado pouco, e também do namorado, menino que estava sempre por aqui, mas que também precisou se isolar.

Certo dia, um sábado de noite…

Assine para continuar lendo

Assine por R$ 9,90 mensais e tenha acesso a centenas de contos renovados periodicamente


Encontre mais contos eróticos da Anna Riglane também na

amazon

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s